dia_do_algodao_embrapa_2021
Estudantes da rede pública de ensino de Campina Grande visitam experimento com algodão na Embrapa (Agosto de 2019) - Foto: Dalmo Oliveira
04/10/2021 15:15 • Notícias
Embrapa difunde ciência e tecnologia em eventos on-line na Semana do Algodão

Entre 04 a 08, centro de pesquisa em Campina Grande realiza e participa de lives, palestras e audiências públicas sobre a cotonicultura

A Embrapa Algodão, cujo centro de pesquisa está localizado em Campina Grande (PB), realiza essa semana uma série de atividades alusivas ao Dia Mundial do Algodão (7 de outubro). Serão lives, principalmente direcionadas ao público estudantil, palestras e uma audiência pública promovida pela Assembleia Legislativa da Paraíba.

A programação tem início no dia 04, com uma transmissão on-line do programa Embrapa & Escola, com o tema “Algodão agroecológico em consórcios agroalimentares gerando renda no Semiárido”, com palestra do analista Felipe Macêdo, a partir das 16 horas, podendo ser assistida através desse link.

No dia 05 de outubro, às 14 horas por iniciativa dos deputados Rubens Germano Costa (PSB), mais conhecido como Buba Germano, e Melchior Batista (Chió), do Rede Sustentabilidade, a Assembleia da Paraíba realiza audiência pública da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente. O evento será transmitido pelo canal 8.2 da TV aberta em João Pessoa e pelo canal Youtube

No mesmo dia, a partir das 16h30, ocorre mais uma live do Embrapa Escola, com o tema “A importância do Algodão colorido para o estado da Paraíba - Da produção  à moda sustentável”, com palestra do técnico Gleibson Dionísio. A transmissão poderá ser acompanhada nesse link

A programação cumina com uma live sobre “A importância do algodão para a agricultura brasileira”, com palestra do chefe-geral da Embrapa Algodão, Alderi Emídio Araújo, a partir das 15 horas, com transmissão também pelo Youtube

O Dia Mundial do Algodão surgiu após uma articulação de um grupo de países da África Ocidental produtores de algodão junto à ONU (Benin, Burkina Faso, Chade e Mali). O Projeto Cotton-4, cuja primeira fase foi finalizada em 2013, tendo incluído o Togo em seguida, foi a primeira iniciativa de caráter regional, na área do algodão, desenvolvida pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC) em parceria com a Embrapa.

Desenvolvimento sustentável

A Semana do Algodão se soma às iniciativas da estatal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) na programação da 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que foi iniciada no dia 02 e vai até o dia 08 de outubro, em todo o País. Embrapa promoverá oito lives em seu canal no YouTube sobre as contribuições para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A ideia é mostrar como a Embrapa contribui para o alcance dos ODS’s em cada uma das regiões do país. As lives serão voltadas a alunos do ensino médio. As gravações ficarão disponíveis no canal da Embrapa  e poderão ser utilizadas a qualquer momento como forma de divulgação do programa Embrapa & Escola.

Este ano o tema geral da SNCT é “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”. A Agenda 2030 engloba 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas. Por isso, a Embrapa escolheu os ODS como temática para a programação corporativa da SNCT.

Na terça-feira, dia 05, a partir das 09 horas, a discussão vai girar em torno de como a Embrapa contribui para o alcance dos ODS no Nordeste. Os palestrantes serão José Di Stefano (Embrapa Algodão), Eden Fernandes (Embrapa Caprinos e Ovinos) e Áurea Albuquerque (Embrapa Mandioca e Fruticultura). O link da transmissão é esse

Rádio

Esta semana, o radiofônico da Embrapa, Prosa Rural, fala sobre um novo implemento agrícola para o cultivo do algodão orgânico: o flambador para deslintamento de sementes.

A máquina consegue retirar o línter das sementes de algodão por meio da flambagem e pode processar até duas toneladas, utilizando apenas um botijão de gás de cozinha, evitando também o emprego de produtos químicos, que é comumente usado no processo tradicional de deslintamento.

Participam do programa os pesquisadores Odilon Reny, e Marenilson Batista e o analista Waltemilton Cartaxo, da equipe que desenvolveu o novo implemento na Embrapa Algodão.

Fonte: Embrapa Algodão (Dalmo Oliveira - 0859 | MTE-PB)