circuuito_tecnico_ao_algodao_2020
O Circuito ocorreu em duas etapas, uma em Chapadão do Sul e outra na Baús, em Costa Rica
25/09/2020 15:08 • Notícias
Circuito Técnico do Algodão da Ampasul abordou destruição de soqueira e plantas tiguera

Ampasul promove ação para trazer mais conhecimento e técnica a destruição de soqueira e ao controle de plantas tigueras no MS.

No dia 17 de setembro, a Ampasul realizou o 21º Circuito Técnico do Algodão, que teve como tema a destruição de soqueira e o controle de plantas tiguera de algodão na cultura da soja.

Para falar do assunto foi convidado o Pesquisador Dr. Edson Ricardo de Andrade Junior do Instituto Mato-grossense do Algodão – IMAmt, que destrinchou todos os recursos tecnológicos da atualidade como produtos, doses, as modalidades para realizar a destruição de soqueira, e também o controle das plantas tigueras nas culturas sucessoras como a soja, principal desafio da cultura no estado.

A pauta foi amplamente discutida nas duas regiões onde aconteceram os eventos, Chapadão do Sul, na fazenda Gávea, do produtor José Ivair Mudinutti, no período da manhã e na Baús, no período da tarde, na Fazenda Guará, do produtor Odilon Pinto Cadore.

O evento também marcou a entrada no vazio sanitário da cultura do algodão na região norte e nordeste do estado, que vai de 15 de setembro a 30 de outubro de cada ano.

Nessa safra tivemos uma condição climática atípica na região, com escassez de chuvas nos últimos meses e clima desfavorável, dificultando a realização das aplicações.

O Dr. Edson indicou algumas alternativas para a destruição de soqueira e o controle de plantas tigueras, herbicidas que podem oferecer melhor eficiência próximo ao plantio da soja, reduzindo aplicações após sua emergência.

A correta destruição de soqueira e o controle de tigueras de algodão na cultura da soja são cruciais para a redução de pragas e doenças principalmente a do bicudo do algodoeiro.

“Ações como essas da Ampasul são benéficas para ajudar as propriedades a se conscientizarem a realizar o melhor manejo com as ferramentas existentes usadas nos momentos mais oportunos”, disse Marcelo Caires, Gestor Técnico de Campo da Ampasul.

Fonte: Ampasul