img_3714
14/07/2016 14:53 • Notícias
Anuário Brasileiro do Algodão traz duas reportagens sobre a AMPASUL

Foi lançado recentemente a publicação Anuário Brasileiro do Algodão, pela Editora Gazeta Santa Cruz.

Segundo a publicação foi com a expansão da cultura do algodão, nos anos 90 que os produtores brasileiros ingressaram definitivamente na moderna gestão empresarial, que exigiu aprimoramentos na administração, uso de máquinas e equipamentos de alta tecnologia.

Esse aprimoramento foi estendido a outras culturas, como a soja e o milho, promovendo um salto impressionante nas atividades do agronegócio.

Uma das entidades que colaboram com essa evolução é a AMPASUL, Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão. A AMPASUL, além de defender os seus associados, como órgão representativo, conduz programas que auxiliam os produtores par atingirem a excelência na produção do algodão sustentável.

Foram essas ações da AMPASUL que atraíram os editores do anuário em realizarem duas reportagens: “Opção pela precisão”, com o subtítulo: “Mato Grosso do Sul investe em melhorias no manejo para garantir a competitividade e a produtividade como terceiro maior produtor nacional”, nas páginas 72 e 73 da publicação e a reportagem: “Na dose certa”, com o subtítulo: “Método de aplicação de defensivos reduz custos e amplia a eficiência nas lavouras de Mato Grosso do Sul, no esforço por maior competividade”, nas páginas 90 e 91.

Segundo o presidente em exercício da AMPASUL, Renato Bürgel, as duas reportagens vêm de encontro com os propósitos da entidade, que é a preocupação em promover a eficiência na produção do algodão sustentável nos aspectos econômicos, sociais e ambientais.

Fonte: AMPASUL (Norbertino Angeli)