reuniao_no_pne_ampasul_grupo_schlatter
19/10/2021 16:45 • Notícias
Ampasul busca treinamento contra incêndios através de parceria com a ICMBio e iniciativa privada

Preocupada com a colaboração em prevenção e combate a incêndios rurais, a Ampasul, Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão vem se antecipando já pensando no próximo inverno, que tradicionalmente é de muita seca na Região Centro-Oeste.

Os incêndios rurais ocorridos nos últimos anos levam as autoridades governamentais, entidades e a iniciativa privada a investirem em prevenção, treinamentos, aparelhamento e técnicas de combate ao fogo.

O técnico de sustentabilidade da Ampasul, Cícero de Oliveira participou de uma reunião no dia 15 de outubro, no Sindicato Rural de Chapadão do Céu (GO), onde esteve o Diretor do PNE, Parque Nacional das Emas, o Servidor Público do ICMBio/MMA, Ministério do Meio Ambiente, Marcos da Silva Cunha e o coordenador de Segurança do Trabalho, do Grupo Schlatter, Carlos Alberto Ferreira.

O Objetivo da reunião foi verificar com o Diretor do PNE, Marcos Cunha, técnicas de combate a incêndios rurais e florestais, já que aquele servidor possui larga experiência na prevenção e combate a incêndios no PNE.

A Ampasul está propondo ao diretor Marcos, a realização de um treinamento prático, durante o mês de março próximo. O diretor aprovou a sugestão e disse que será uma ótima oportunidade para compartilhar as suas experiências na prática, que terá participação de equipes do Baús, em Costa Rica e Chapadão do Sul.

O Chefe PNE ainda salientou a importância de simulação prática de casos reais acontecidos, para melhor entendimento.

A Ampasul ficou encarregada de realizar o treinamento nas duas regiões no mês de março 2022, contando com apoio operacional das unidades produtoras de algodão, e espera envolver a concessionária Way-306, a empresa Rumo ferrovia e o aparato de Usinas sucroalcooleiras.

Para o Diretor Executivo da Ampasul, Adão Hoffmann é importante e muito produtivo envolver toda a sociedade neste tema que vem gerando grande preocupação e que causa diretamente grandes prejuízos econômicos e ambientais.

Fonte: Ampasul