etiqueta_sai_sistema_abrapa_de_identificacao_2021
05/03/2021 10:15 • Notícias
Algodoeiras já podem solicitar emissão de etiquetas do Sistema Abrapa de Identificação (SAI)

Desde a segunda-feira, 01 de março, as algodoeiras de todo o país já podem solicitar a emissão de etiquetas do Sistema Abrapa de Identificação (SAI) para a safra 2020/2021. Implementado em 2004 pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão, Abrapa, o SAI permite o rastreamento da origem e da qualidade da fibra através da etiqueta aplicada nos fardos de algodão beneficiado, conferindo confiabilidade ao produto brasileiro.

Para aumentar a transparência e a acessibilidade aos dados de rastreabilidade, as etiquetas agora têm novo layout. A grande novidade é a inclusão de um QR Code que direciona para a página de consulta do portal Abrapa, permitindo o acesso às informações por meio de qualquer celular.

O número, a data de autorização e a sequência do pedido não são mais impressos na etiqueta. Além disso, agora, a identificação "Sistema Abrapa de Identificação" vem com tradução para o inglês: "Abrapa Identification System".  Etiquetas já emitidas em safras anteriores e que ainda não foram utilizadas, não perderão a validade.

No primeiro acesso ao SAI, na safra 2020/2021, é necessário que a algodoeira atualize os dados cadastrais e principalmente, da(s) prensa(s), para que possa prosseguir com a navegação. Será possível realizar pedidos de etiquetas para a safra vigente, até o dia 31/03/2022.

Em caso de dúvidas ou dificuldades para emitir as etiquetas, entre em contato com a Abrapa:

E-mails: aquila@abrapa.com.br; sai@abrapa.com.br; sistemas.abrapa@abrapa.com.br

Fonte: Ampasul (c/inf. Abrapa)