img_20181103_084407981029_ampasul_10dez2014

Análise Instrumental

A análise e qualidade de fibras tem sido um ponto focal para a associação, que tem investido tempo e recursos em estrutura física, máquinas, equipamentos e capacitação de pessoas do laboratório, para que seja alcançado a excelência nos serviços prestados de análise e classificação de algodão aos cotonicultores. A estrutura física construída recentemente para o novo laboratório da AMPASUL, recebeu o que há de mais moderno para essa área de atuação. Além das duas máquinas USTER já existente, o investimento ainda contará com a aquisição de mais duas novas unidades USTER HVI M1000 Classing, aumentando a capacidade do laboratório para 720 mil análises/safra.

A esteira irá reduzir em até 80% o tempo de aclimatação das amostras. O rígido controle da climatização, o tempo de acondicionamento das amostras, e a participação nos testes Inter laboratoriais, garantem a precisão e a confiabilidade dos nossos resultados, refletindo a autenticidade das características das fibras analisadas.

Os certificados são disponibilizados em portal on-line, permitindo o acesso em tempo real pelo cotonicultor. Segue as normas e procedimentos do USDA (United States Departament of Agriculture), do ICA (International Cotton Association), e Bremen FISERINSTITUTE. É credenciado junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), e participa das rodadas de testes Inter laboratoriais do ICAC (International Cotton Advisory Committee), do ICA Bremen (International Quality Testing and Research Centre), e do Laboratório Central Standard Brasil da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (ABRAPA).

A estratégia da AMPASUL é aproximar os cotonicultores dos compradores para que se estabeleça uma relação confiável e duradoura entre as partes, segmentando os lotes pela qualidade da fibra, visando atender os consumidores de acordo com as especificidades de fibras exigidas por cada um dos compradores.

Portal do Laboratório